Plan International Brasil 11 4420.8084

A IMPORTÂNCIA DE ESTIMULAR BEBÊS PARA QUE TENHAM UM DESENVOLVIMENTO INTEGRAL

Tempo de leitura: 3 minutos

A IMPORTÂNCIA DE ESTIMULAR BEBÊS PARA QUE TENHAM UM DESENVOLVIMENTO INTEGRAL

A Primeira Infância é reconhecida como uma etapa crítica para o desenvolvimento humano. Correspondendo aos seis primeiros anos de vida, essa fase é responsável pela formação de 700 conexões neurais por segundo na criança. De acordo com a Neurociência, essas ligações são a base para futuros aprendizados e comportamentos ao longo da vida.

Reconhecendo que a atenção e os cuidados nessa fase são essenciais para uma vida adulta plena, a Plan International Brasil em parceria com a NIVEA, marca fabricante de cosméticos pertencente ao Grupo Beiersdorf, realizam o Projeto Famílas que Cuidam,  iniciativa que tem como objetivo melhorar o desenvolvimento integral de crianças de 0 a 6 anos por meio de ações intersetoriais direcionadas ao fortalecimento das competências familiares envolvendo as crianças, mães e pais, cuidadores, profissionais de saúde, educação, ação social e as comunidades.

O projeto acontece no Capão Redondo e no município de Itatiba (SP), e tem uma vasta programação mensal de atividades que contribuem para que as pessoas que lidam diariamente com crianças, desde mães, pais, profissionais da educação, cuidadoras e cuidadores ampliem seus repertórios e possam contribuir com o desenvolvimento integral de todas.

Gerenciado por Mariângela Carocci, especialista na área de Primeira Infância da Plan International Brasil, o projeto tem oferecido capacitações que promovem e ressaltam o relacionamento afetuoso entre crianças, responsáveis, cuidadoras e cuidadores através de atividades participativas e lúdicas. Um deles foi a Semana do Bebê, que apresentou diversas atividades e palestras sobre como os adultos responsáveis podem tornar o mundo dos bebês ainda mais fantástico.

Mariângela dá algumas dicas sobre como é possível estimular e apoiar o desenvolvimento de bebês sem a necessidade de utilizar brinquedos caros ou outros artifícios que só estimulam o consumismo. “É possível estimular a imaginação das crianças com brinquedos simples – bolinhas de meias coloridas, móbiles com fitas de cetim, massinha de modelar caseira, entre outos. A criança não precisa de brinquedos caros ao seu redor”, explica ela. “Com pouco recurso, pais, mães e cuidadores conseguem promover o desenvolvimento pleno de suas crianças. E é isso que demonstramos durante as atividades do Projeto Famílias que Cuidam”.

Para a especialista, esses estímulos são construídos a partir do diálogo com o bebê e ao oferecer objetos que permitam que ele explore seus sentidos e movimentos. “O primeiro brinquedo do bebê é a mão. Ele precisa brincar com o seu corpo, ouvir seus próprios sons e explorar seus movimentos”.

CRIE UMA ROTINA PARA O BEBÊ

Mariângela considera importante definir uma rotina para a criança ainda nos primeiros anos de vida. “É preciso deixar os quartos bem arejados e permitir que o bebê receba a luz do dia. Colocar um edredon na área externa da casa para ele ficar sobre o chão, por exemplo, é uma maneira de ajudá-lo a diferenciar o que é o dia e a noite e explorar seus movimentos”, aconselha. Segundo ela, se o bebê chora à noite, os cuidadores precisam acalmá-lo com movimentos sequenciais ao longo do corpo e deixá-lo num ambiente de baixa iluminação para que ele possa ver diferenças entre a luz diurna e noturna.

LEIA PARA AS CRIANÇAS

Ler para as crianças ainda na vida intrauterina é um importante passo no desenvolvimento humano. Segundo Mariângela Carocci, o primeiro sentido que o ser humano desenvolve é a audição, o que permite que o bebê reaja quando lêem para ele, mesmo estando dentro do útero. “Ler para o bebê durante sua vida intrauterina o ajuda a diferenciar leitura e uma conversa entre adultos, por conta da entonação da voz”, explica.

Para estimular o desenvolvimento de bebês nascidos, a especialista defende o uso de um acervo de livros de pano, borracha ou com texturas. “O livro é um brinquedo nos primeiros anos de vida e a brincadeira ajuda a criança a elaborar suas emoções, aprimorar o seu desenvolvimento motor e os seus quatro sentidos que são essenciais para a vida. Brincar é fundamental. É uma condição vital para o ser humano”, completa.

Além dessas dicas, as especialistas do Projeto podem ser fontes de entrevistas sobre temas como: a importância do brincar, cuidados na primeira infância, estímulos adequados para as diversas fases da infância, montagem de espaços lúdicos, contação de histórias.

Para Setembro o Espaço Famílias Que Cuidam da Plan International Brasil, já está com uma vasta programação de eventos:

– 13 de setembro – às 10h e às 15h: Oficina de arte com massinha.

– 15 de setembro – às 10 e às 15h: Oficina de contação de histórias.

– 20 de setembro – às 10 e às 15h: Oficina de musicalização.

– 22 de setembro – `às 10 e às 15h: Oficina de confecção de brinquedos.

– 22 de setembro – a partir das 18h: Cine Famílias que Cuidam com o filme “O Começo da Vida”!

– 24 de setembro (sábado) Curso livre de formação: Proteção infantil – Como fortalecer a rede de apoio à criança e à família.

O Espaço fica na Rua Bracará, 65, Jardim Amália, São Paulo – SP