Plan International Brasil 11 4420.8084

Abertas as inscrições para o Rede Meninas Líderes em São Paulo

Tempo de leitura: 2 minutos

Abertas as inscrições para o Rede Meninas Líderes em São Paulo

Com curso on-line gratuito e fase de multiplicação, iniciativa baseada na metodologia Escola de Liderança para Meninas vai formar 100 jovens e oferecer bolsas para as alunas mais bem avaliadas. Inscreva-se aqui!

site-rede-meninas-lideres

A Plan International Brasil acaba de abrir inscrições para o projeto Rede Meninas Líderes. Voltada para jovens de 18 a 24 anos, a iniciativa vai ocorrer em São Paulo e no Maranhão a partir de setembro. O foco do Rede Meninas Líderes está no fortalecimento de capacidades de jovens mulheres, que vão aprender a metodologia da Escola de Liderança para Meninas, desenvolvida pela Plan International Brasil, para adquirir e/ou reforçar habilidades necessárias para atuar como facilitadoras de projetos sociais no futuro.

Em São Paulo, 100 jovens serão selecionadas. O projeto será dividido em duas etapas. Na primeira, elas farão um curso on-line com duração de 50 horas. As aulas acontecerão entre os meses de setembro e dezembro. O conteúdo será apresentado em três módulos: a metodologia Escola de Liderança para Meninas, gestão de projetos, educação financeira e prestação de contas. Em São Paulo, a formação on-line começa em 21 de setembro.

“A Plan International tem uma meta ambiciosa de alcançar 10 milhões de meninas no Brasil até 2022. Nosso objetivo é promover ‘Um Brasil justo e igualitário para todas as meninas’. Com isso em mente, consolidamos estratégias que possibilitem escalar nossas iniciativas mais bem-sucedidas. Nesse cenário, o Rede Meninas Líderes surge para capilarizar os conteúdos da metodologia Escola de Liderança para Meninas, para que mais meninas possam se fortalecer cada vez mais”, afirma Cynthia Betti, diretora executiva da Plan International Brasil.

Além das aulas, as jovens terão encontros – a princípio também on-line, mas possivelmente presenciais, de acordo com a evolução das medidas de isolamento social por causa da pandemia de Covid-19 – e receberão missões a completar e compartilhar com a equipe da Plan. O conjunto dos testes realizados depois de cada módulo, a execução das missões e a participação nesses encontros farão parte dos critérios de classificação para a definição das bolsistas. Ao final, todas as que concluírem o curso receberão um certificado.

Segunda etapa: bolsa e multiplicação
A conclusão do curso dará início à segunda etapa do Rede Meninas Líderes. As 30 jovens que se classificarem receberão bolsas de incentivo em dinheiro por três meses para atuarem como multiplicadoras dos conhecimentos aprendidos, fortalecendo um movimento de meninas líderes que lutam pela igualdade de gênero. Elas serão responsáveis por formar grupos de 20 meninas e replicar a metodologia entre os meses de janeiro e março de 2021. Ao final, também estarão habilitadas para trabalhar como facilitadoras de projetos sociais.

Em São Paulo, as inscrições estarão abertas de 20 a 30 de agosto pelo link https://forms.gle/cMDRFKipiG5x8QdEA. As selecionadas serão conhecidas a partir de 9 de setembro no site da Plan e pelas redes sociais. No Maranhão, o processo seletivo será realizado em setembro.