Plan International Brasil 11 4420.8084

#Agenda2030: Por que precisamos acabar com a pobreza?

Tempo de leitura: 2 minutos

#Agenda2030: Por que precisamos acabar com a pobreza?

A erradicação de todas as formas de pobreza é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que fazem parte da Agenda 2030, acordo das Nações Unidas para garantir um futuro melhor para as próximas gerações.

Segundo pesquisa lançada em 2016 pela Organização das Nações Unidas (ONU), 13% da população mundial ainda vive em extrema pobreza. Levando em consideração que o planeta abriga atualmente cerca de 7 bilhões de pessoas, isso significa que mais de 900 milhões vivem em extrema pobreza – ou seja, com menos de 1 dólar por dia ou menos de 100 reais no fim do mês.

Além dos prejuízos econômicos da persistência da pobreza, que acaba freando o crescimento do PIB mundial e o desenvolvimento estrutural dos países, há graves consequências sociais persistentes a partir desse cenário. Entre elas, está o fato de que a pobreza contribui de forma determinante para os casos de violência contra meninas.

Com suas famílias vivendo em situação de vulnerabilidade social, muitas vezes as meninas deixam de estudar para começar a trabalhar e ajudar suas famílias. Segundo a pesquisa Por Ser Menina, publicada pela Plan International Brasil em 2014, 13,7% das meninas de 6 a 14 anos já tiveram alguma experiência de trabalho em suas vidas e o trabalho doméstico é a principal forma de exploração contra elas.

Além disso, por estarem em situação de vulnerabilidade, muitas meninas acabam vivendo sob o risco de exploração sexual. Em 2015, segundo dados do Disque Denúncia Nacional, foram mais de 25 denúncias de exploração sexual contra meninas todos os dias! E não é apenas isso: por estarem mais passíveis a situações de violência sexual e por quase sempre não terem acesso às informações sobre métodos contraceptivos, muitas dessas meninas acabam passando por gestações precoces, o que lhes faz ser submetidas, muitas vezes, a casamentos precoces também. Segundo informações da ONU, o Brasil é o 4º país no ranking mundial de casamentos infantis.

A erradicação da pobreza na Agenda 2030.

Por todo esse cenário, a ONU coloca a erradicação da pobreza como o Objetivo 1 de sua Agenda 2030. Para a organização, a erradicação de todas as formas de pobreza é um dos maiores desafios para o desenvolvimento sustentável. Por isso, uma das metas presentes no Objetivo 1 da Agenda 2030 é que os países construam parcerias que viabilizem a mobilização de recursos para a criação de programas e políticas que erradiquem a pobreza em todos os sentidos, para que a população vulnerável possa ter condições mínimas de sobrevivência e seja possível, até 2030, reduzir à metade a proporção de pessoas que vivem em situação de pobreza.

Sobre a Agenda 2030

O desenvolvimento sustentável é aquele que consegue atender às necessidades da geração atual sem comprometer a existência das gerações futuras. Em setembro de 2015, percebendo que os indicadores econômicos, sociais e ambientais dos últimos anos eram pessimistas quanto ao futuro das próximas gerações, a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs que os seus 193 países membros assinassem a Agenda 2030, um plano global composto por 17 objetivos (ODSs) e 169 metas para que esses países alcancem o desenvolvimento sustentável em todos os âmbitos até 2030.