Plan International Brasil 11 4420.8084

#CARNAVALSEMASSÉDIO

Tempo de leitura: < 1 minuto

#CARNAVALSEMASSÉDIO

Campanha tem apoio da Plan International Brasil, ONU Mulheres e coletivos

Com o objetivo de conscientizar, denunciar e registrar os casos de assédio durante o Carnaval diversas frentes se unem para combater as inúmeras formas de assédio cometidas durante o Carnaval.

A Plan International Brasil se une à ONU Mulheres e aos coletivos Nós, Mulheres da Periferia, Vamos Juntas? e Não é Não, das redes Minha Sampa e Meu Recife e dos blocos Mulheres Rodadas e Maria Vem com as Outras para combater o assédio sexual – que é gravíssimo e se intensifica durante o Carnaval.

A Campanha, promovida pelo Catraca Livre, abre espaço para essa parceria se concretizar, e chega em sua terceira edição ocupando um outro lugar: quer identificar lugares nas cidades onde as mulheres são mais vulneráveis e, exigir que o poder público faça sua parte. De acordo com o Catraca Livre, no ano de 2017, só no Rio de Janeiro, uma mulher era agredida no Carnaval a cada 4 minutos.

A plataforma Aconteceu no Carnaval vai coletar relatos se assédio anônimos, estes serão consolidados dando vida a um mapa do assédio – que chegará nas autoridades para que seja possível unir forças, refletir e criar estratégias eficientes para o problema.

Convidamos a usarem a hashtag #CarnavalSemAssédio, acompanharem os conteúdos no nosso FacebookInstagram, e na fanpage do Catraca Livre.

Um ótimo Carnaval – sem assédio – para todas!