Plan International Brasil 11 4420.8084

#ConectadasEseguras traz debate sobre assédio on-line e acesso às redes sociais. Baixe aqui os materiais da campanha!

Tempo de leitura: 2 minutos

#ConectadasEseguras traz debate sobre assédio on-line e acesso às redes sociais. Baixe aqui os materiais da campanha! 

Apoiada por pesquisa feita com 14 mil meninas de 22 países, campanha convida sociedade a refletir sobre formas mais efetivas de combater o assédio on-line. Baixe aqui o material e faça parte do movimento! 

queremos estar conectadas e seguras!

No Brasil, além do assédio on-line, a questão do acesso à internet também é uma discussão relevante. Por isso, na América Latina, a campanha Meninas Pela Igualdade, da Plan International, também carrega a hashtag #ConectadasESeguras. Cerca de 70 milhões de brasileiros têm acesso precário à internet ou não têm qualquer acesso, de acordo com os dados mais recentes (2018) da pesquisa TIC Domicílios, do Comitê Gestor de Internet no Brasil. Mais de 42 milhões de pessoas nunca acessaram a rede e mais de 25 milhões das pessoas em situação socioeconômica mais vulnerável só acessam a internet pelo celular com pacotes de dados limitados. 

Sempre contamos que vivemos em um mundo inteiramente conectado, mas isso não é verdade. Existem milhões de pessoas sem acesso à internet e não garantir esse acesso é fazer com que essas pessoas fiquem para trás”, afirma Viviana Santiago, gerente de gênero e incidência política na Plan International Brasil. “Acreditamos que estar conectadas é um direito de cada uma e de todas as meninas, mas estando conectadas as meninas precisam vivenciar um espaço seguro, livre de violências. A violência online tenta expulsar as meninas da internet da mesma maneira que diariamente tentam expulsar meninas e mulheres das ruas. A violência on-line é grave, causa danos reais e silencia a voz das meninasNão aceitamos isso.” 

Para ilustrar a campanha que já está nas redes sociais, convidamos a jovem ilustradora baiana Aline Corteletti, dona do perfil @ilustraclementineOutras ilustradoras feministas do mundo todo também contribuíram com materiais da campanha, inclusive com imagens para divulgar nossa carta abertaVocê pode baixar os cards e ilustrações aqui e compartilhar nas suas redes sociaisA Plan também criou filtros da campanha Conectadas e Seguras, que você pode encontrar nos Stories do Instagram