Plan International Brasil 11 4420.8084

Plan International realiza ações humanitárias para crianças e famílias refugiadas da Ucrânia 

Tempo de leitura: 4 minutos

Estamos trabalhando com organizações na Moldávia, Polônia e Romênia para garantir que crianças e famílias recebam ajuda ao cruzar a fronteira da Ucrânia. Entre as ações está o apoio psicossocial, que ajuda crianças e jovens a lidar com os horrores que testemunharam durante o conflito.

A Plan International doou 500 mochilas com material escolar e kits de higiene para a prefeitura de Chisinau, na Moldávia, que tem recebido muitas famílias refugiadas – com o crescimento do número de crianças ucranianas matriculadas em escolas do país vizinho da Ucrânia, cresce também a necessidade de material escolar.

À medida que a guerra na Ucrânia se estende, inúmeras vidas, lares e infâncias continuam sendo perdidas. A Plan International alerta para uma situação em rápida deterioração para crianças e famílias isoladas em áreas cercadas pela falta de rotas de saída seguras, enfrentando um desafio diário de sobrevivência com acesso limitado a água, comida e aquecimento. 

“Somos solidários com todas as pessoas cujas vidas estão sendo dilaceradas pelo conflito na Ucrânia. Apelamos ao fim imediato da luta e à paz no longo prazo para o bem de todas as crianças e jovens. Devemos agir agora antes que mais vidas sejam perdidas”, afirma Stephen Omollo, CEO da Plan International. 

Leia a declaração do diretor global da Plan International, sobre o conflito armado na Ucrânia

As necessidades humanitárias estão se multiplicando a cada hora. As pessoas que foram forçadas a fugir levaram tudo o que puderam carregar – e elas precisam urgentemente de abrigo, proteção, cobertores, comida, água e assistência médica, além de cuidados e apoio emocional. 

Crianças refugiadas precisam de abrigo, proteção, cobertores, comida, água e assistência médica, além de cuidados e apoio emocional.

“Estamos ouvindo histórias de sofrimento humano sem precedentes em escala e intensidade. Algumas crianças estão sendo impactadas por um segundo conflito violento e retiradas de suas raízes sociais, culturais e familiares pela segunda vez em um curto período de vida. É fundamental que este conflito termine”, afirma a Dra. Unni Krishnan, Diretora Humanitária Global da Plan International. 

Segundo ela, “incidentes repetidos de ataques com mísseis, bombardeios e tiroteios em conflitos e guerras causam um grande impacto nas mentes de crianças e jovens. Deixada sem vigilância, essa violência deixa pegadas duradouras em sua saúde mental”. 

“Ataques com mísseis, bombardeios e tiroteios causam grande impacto nas mentes de crianças e jovens. Essa violência deixa pegadas duradouras em sua saúde mental”

Dra. Unni Krishnan, Diretora Humanitária Global da Plan International

A Plan International está trabalhando em estreita colaboração com organizações locais para ajudar crianças afetadas pelo conflito e que precisam desesperadamente de assistência e proteção humanitária. Estamos trabalhando com organizações na Moldávia, Polônia e Romênia para garantir que crianças e famílias recebam ajuda ao cruzar a fronteira da Ucrânia. 

Na Alemanha, a Plan está coordenando com as autoridades e trabalhando com parceiros na proteção infantil para fornecer espaços e atividades preparados para crianças. Além disso, estamos atuando para fornecer apoio psicossocial e psicológico para crianças refugiadas, deslocadas e suas famílias. 

Uma equipe da Plan International está na Ucrânia para se reunir com a sociedade civil e as agências humanitárias para identificar a melhor forma de apoiarmos e fortalecermos nossa resposta. 

Antes do evento global “Stand Up For Ukraine”, realizado em Varsóvia, na Polônia, e organizado para receber doações para refugiados e pessoas deslocadas de suas casas por causa da guerra, a Dra Unni Krishnan pediu aos doadores que priorizem as necessidades das crianças, especialmente das meninas, em suas decisões de doações. 

Ela afirma que “garantir as doações flexíveis dos doadores é fundamental para garantir que a resposta possa se adaptar a uma situação que está mudando diariamente”. Ela explica que o conflito colocou crianças e jovens, principalmente as meninas, em risco significativo de violência e que é preciso dar apoio a programas de prevenção e resposta a todas as formas de violência sexual, de gênero e contra crianças. 

A proteção e segurança das crianças em movimento deve ser uma prioridade. A Plan International está particularmente preocupada com a proteção e segurança de crianças separadas ou desacompanhadas, especialmente meninas e jovens mulheres, que são mais vulneráveis ao abuso e ao tráfico. 

Milhões de crianças estão testemunhando o horror do conflito. A violência afetará fortemente a saúde mental de crianças, jovens, cuidadores e cuidadoras. A Plan International está apoiando organizações para fornecer apoio psicossocial para ajudar as crianças a lidar com os horrores que testemunharam. Assim, poderão dar os primeiros passos para se recuperarem do sofrimento. 

O conflito na Ucrânia interrompeu a educação de uma geração de crianças. Levar as crianças de volta ao aprendizado é fundamental para fornecer um espaço de proteção e uma sensação de normalidade. A Plan International está trabalhando com autoridades e organizações governamentais na Moldávia, Polônia e Romênia para apoiar a integração de crianças refugiadas nas escolas locais.